O preço não tem nada a ver com o custo do produto. Quem define o preço é o mercado”, disse um executivo da Mercedes-Benz, para explicar porque o brasileiro paga R$ 265.00,00 por uma ML 350, que nos Estados Unidos custa o equivalente a R$ 75 mil.

“Por que baixar o preço se o consumidor paga?”, explicou o executivo.

Participe no Protesto!

quinta-feira, 3 de novembro de 2011

IPI atraiu investimentos ao país, diz ministro

Fonte: Carsale.uol.com.br
http://carsale.uol.com.br/Novosite/revista/noticias/materia.asp?idnoticia=8221

Carsale - O ministro da Fazenda Guido Mantega afirmou hoje (25) em Brasília que o anúncio da medida do aumento do Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI) para os veículos importados ajudou a indústria nacional. Apesar de ter tido a sua vigoração adiada para 15 de dezembro, por determinação da Justiça, segundo ele a decisão interrompeu o crescimento da venda de importados e provocou a antecipação de investimentos de montadoras estrangeiras no país.

“Depois que anunciamos a medida, observamos dois efeitos. As empresas já instaladas no Brasil passaram a anunciar novos investimentos e empregos. Além disso, empresas que estão importando também manifestaram o desejo de instalar fábricas no país”declarou o ministro após reunião com o presidente da Associação Nacional de Fabricantes de Veículos Automotores (Anfavea), Cledorvino Belini. “Antes da medida, eram 70 mil [veículos] importados ao mês vendidos no Brasil. O crescimento ia ocupar todo o aumento de demanda previsto para este ano. As empresas iam parar de investir aqui e migrariam para outro lugar”, declarou. O presidente da Anfavea anunciou o investimento de US$ 21 bilhões na indústria automotiva brasileira até 2014.

Nenhum comentário:

Postar um comentário