O preço não tem nada a ver com o custo do produto. Quem define o preço é o mercado”, disse um executivo da Mercedes-Benz, para explicar porque o brasileiro paga R$ 265.00,00 por uma ML 350, que nos Estados Unidos custa o equivalente a R$ 75 mil.

“Por que baixar o preço se o consumidor paga?”, explicou o executivo.

Participe no Protesto!

sexta-feira, 16 de dezembro de 2011

Vendas de autos e comerciais leves caem 10,8% na 1ª metade útil de dezembro

http://dinheiro.br.msn.com/suascontas/vendas-de-autos-e-comerciais-leves-caem-108percent-na-1%c2%aa-metade-%c3%batil-de-dezembro?page=0

SÃO PAULO – O número de automóveis e comerciais leves emplacados caiu 10,86% na primeira metade útil de dezembro, na comparação com o mesmo período de 2010. Segundo balanço divulgado pela Fenabrave (Federação Nacional da Distribuição de Veículos Automotores) nesta sexta-feira (16), 157.514 unidades foram vendidas neste mês, contra 176.707 em dezembro do ano passado.
Já na comparação com novembro deste ano, quando 160.275 automóveis e comerciais leves foram vendidos, houve queda de 1,72%.
Considerando apenas os automóveis, foram emplacadas 120.745 unidades, uma queda de 1,49% em relação a novembro. Frente a dezembro de 2010, foi registrada queda de 14,47%.
Já com relação aos comerciais leves, o número de unidades emplacadas chegou a 36.769 – queda de 2,46% na comparação com novembro, quando 37.698 unidades foram vendidas. Já na comparação com dezembro do ano passado, ocorreu alta de 3,49%.
Motos
Com relação às motos, as vendas caíram na primeira metade útil dezembro deste ano, na comparação com o mesmo mês de 2010. Foram 94.214 unidades emplacadas neste mês, contra as 94.231 de dezembro de 2010 – leve queda de 0,02%. Frente a novembro de 2011, quando 89.263 unidades foram vendidas, houve alta de 5,55%.
No total, considerando automóveis, comerciais leves, motos, ônibus, caminhões e implementos agrícolas, foram emplacadas 267.894 unidades, uma queda de 6,72% na comparação com dezembro de 2010, quando foram vendidas 287.190 unidades. Frente a novembro de 2011, quando 264.811 unidades foram vendidas, ocorreu alta de 1,16%.
Bicombustíveis
Os dados revelam ainda que as vendas e a participação de veículos flex caíram no mercado. Na primeira metade útil de dezembro, do total de autos e comerciais leves vendidos, 128.796 unidades eram bicombustíveis - uma participação de 81,77%, enquanto em novembro foram vendidas 133.158 unidades, que representaram 83,03% do mercado.
Os veículos movidos com outros combustíveis somaram 28.718 unidades, uma participação de 18,23%, contra 16,92% de novembro.

Nenhum comentário:

Postar um comentário