O preço não tem nada a ver com o custo do produto. Quem define o preço é o mercado”, disse um executivo da Mercedes-Benz, para explicar porque o brasileiro paga R$ 265.00,00 por uma ML 350, que nos Estados Unidos custa o equivalente a R$ 75 mil.

“Por que baixar o preço se o consumidor paga?”, explicou o executivo.

Participe no Protesto!

quarta-feira, 25 de janeiro de 2012

Brasil exportou US$5,6 bilhões em lucros das montadoras

http://www.noticiasautomotivas.com.br/brasil-exportou-us56-bilhoes-em-lucros-das-montadoras/

As montadoras enviaram em 2011 em torno de US$5,6 bilhões em lucros das unidades instaladas no Brasil. O setor foi o que mais enviou lucros para o exterior, superando bancos e telecomunicações. O valor de US$5,58 bilhões é o maior de todos os tempos, sendo 36% maior que em 2010.
Ou seja, para quem reclamou de falta de competitividade e outras perdas em 2011, até que a situação não era tão ruim assim.
Como não se sabe quanto lucrou cada montadora, visto que é um segredo maior que qualquer lançamento, não conseguimos nem imaginar o montante individual, mas é certo que os maiores lucros saíram das líderes de mercado.
Enfim, o Brasil continua como uma ótima base para se lucrar e sustentar financeiramente as matrizes das montadoras. E isso porque a competitividade no país é desonesta, já que milhares de importados entraram no país, os custos de produção são enormes, a mão de obra é cara, etc.

Nenhum comentário:

Postar um comentário