O preço não tem nada a ver com o custo do produto. Quem define o preço é o mercado”, disse um executivo da Mercedes-Benz, para explicar porque o brasileiro paga R$ 265.00,00 por uma ML 350, que nos Estados Unidos custa o equivalente a R$ 75 mil.

“Por que baixar o preço se o consumidor paga?”, explicou o executivo.

Participe no Protesto!

domingo, 22 de janeiro de 2012

Honda Civic chega na Argentina a partir de R$ 48.500

http://www.noticiasautomotivas.com.br/honda-civic-chega-na-argentina-a-partir-de-r-48-500/

A Honda iniciou as vendas da nova geração do Civic no mercado brasileiro na última semana. E na última sexta-feira (20), a marca japonesa lançou o novo Civic 2012 na Argentina. Contudo, como já era de se esperar, mais uma vez os vizinhos hermanos levaram vantagem nos preços dos automóveis em comparação com os valores pedidos pelas montadoras no Brasil.
Por lá, o Honda Civic chegará às concessionárias nas versões LXS e EXS, sendo que a versão mais básica será oferecida pelo preço inicial de US$ 27.600, algo em torno de R$ 48.500, no modelo com câmbio manual. Já o EXS manual custará US$ 32.100 e US$ 33.900 para o Civic topo de linha com câmbio automático, cerca de 56.400 e 59.600 quando convertido em reais. O curioso é que o Civic da Argentina é produzido no Brasil.
Ambas as versões terão os mesmos equipamentos do exemplar brasileiro. Haverá de série airbag duplo, freios com ABS e EBD, trio elétrico, sensor de estacionamento com câmera, volante multifuncional, ar-condicionado, isofix e sistema de som. A EXS inclui airbags laterais, teto solar e navegador GPS. No entanto, o controle de tração e de estabilidade não serão oferecidos nem na versão topo de linha, itens que equipam o Honda por aqui.
O motor que equipará o modelo será o mesmo do Civic brasileiro, o 1.8 litro 16v i-VETEC de 140 cavalos de potência, porém, movido a gasolina.

 

Nenhum comentário:

Postar um comentário