O preço não tem nada a ver com o custo do produto. Quem define o preço é o mercado”, disse um executivo da Mercedes-Benz, para explicar porque o brasileiro paga R$ 265.00,00 por uma ML 350, que nos Estados Unidos custa o equivalente a R$ 75 mil.

“Por que baixar o preço se o consumidor paga?”, explicou o executivo.

Participe no Protesto!

segunda-feira, 26 de março de 2012

BMW 1M custa R$ 106.000 a menos na Argentina

 http://caranddriverbrasil.uol.com.br/noticias/mercado/bmw-1m-custa-r-106000-a-menos-na-argentina/1670

Compacto "bombado" parte de US$ 89.900 (R$ 162.800) nos vizinhos; aqui sai por R$ 268.800

 O BMW 1M já havia demorado para chegar ao Brasil, onde desembarcou há cerca de um mês. Agora é a vez do compacto "nervoso" chegar também à Argentina, onde teve seu preço fixado em US$ 89.900, o equivalente a R$ 162.800. O valor é assustadoramente R$ 106.000 menor do que os R$ 268.800 pedido pelo mesmíssimo carro aqui no Brasil. Impostos? Lucro? Só o que sabemos é que a cifra está um tanto salgada...
Em relação ao BMW Série 1, apenas 20% dos componentes foram aproveitados entre os modelos. O ronco ácido do 1M é gerado pelo motor 3.0 biturbo com dois gerenciamentos escolhidos por meio da tecla M no volante. Esta unidade fornece 340 cv de potência e até 50,9 mkgf de torque máximo com o overboost, além de trabalhar em conjunto com um câmbio manual de seis velocidades. Com este conjunto, os alemães prometem levar o carro de 1.495 kg de 0 a 100 km/h em 4,9 segundos e de 0 a 200 km/h em 17,3 segundos. 

 

Nenhum comentário:

Postar um comentário