O preço não tem nada a ver com o custo do produto. Quem define o preço é o mercado”, disse um executivo da Mercedes-Benz, para explicar porque o brasileiro paga R$ 265.00,00 por uma ML 350, que nos Estados Unidos custa o equivalente a R$ 75 mil.

“Por que baixar o preço se o consumidor paga?”, explicou o executivo.

Participe no Protesto!

sábado, 17 de março de 2012

Nova Grand Tour custa menos que nossa antiga


 

Carsale - A renovada linha Renault Mégane 2012 acaba de chegar à Espanha. Naquele país, a família é completa e conta com os modelos hatch, cupê e perua. Mesmo que não seja um carro muito lembrado, a versão station wagon também existe no Brasil, com o nome Grand Tour. Lançada em 2006, a perua recebeu uma atualização em 2010 e sobrevive até hoje por aqui, ao contrário do sedã Mégane, que se despediu dos brasileiros em 2010.
Como custo-benefício e gosto não se discutem, vamos aos fatos. Fãs da linha Mégane devem saber que a Renault não tem seus planos o objetivo de trazer a nova família ao Brasil. Desta forma, a Grand Tour que conhecemos não terá como sucessora a perua apresentada na Europa.

O que deverá acontecer por aqui em breve é aposentadoria da perua, sendo que sua sucessora provavelmente será a minivan da marca romena, a Dacia Lodgy, que chegará ao País com o logo da Renault – como aconteceu com o utilitário esportivo Duster.

Nenhum comentário:

Postar um comentário