O preço não tem nada a ver com o custo do produto. Quem define o preço é o mercado”, disse um executivo da Mercedes-Benz, para explicar porque o brasileiro paga R$ 265.00,00 por uma ML 350, que nos Estados Unidos custa o equivalente a R$ 75 mil.

“Por que baixar o preço se o consumidor paga?”, explicou o executivo.

Participe no Protesto!

segunda-feira, 16 de abril de 2012

Efeito IPI: Vendas da BMW caem 30% no Brasil

 http://www.noticiasautomotivas.com.br/efeito-ipi-vendas-da-bmw-caem-30-no-brasil/

“IPI maldito, IPI maldito, lalalalala”. Além de ter gerado um peso maior para o bolso do consumidor, o aumento de 30 pontos percentuais na alíquota do Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI) para automóveis  importados gerou uma grande queda nas vendas das marcas automobilísticas atuantes no mercado. A BMW, por exemplo, registrou uma diminuição de 30% em suas vendas no primeiro trimestre desde ano. A informação foi dada pelo presidente local da empresa, Henning Dornbusch.
“As vendas caíram 30 por cento em função do IPI”, disse Dornbusch. “Repassamos em média 15,9 por cento para o consumidor, ou seja, houve aumento de preço, o restante foi assimilado pela BMW e pelas revendas.” Nos três primeiros meses do ano passado a BMW comercializou 2.137 unidades, enquanto no mesmo período de 2012  apenas 1.888 automóveis da marca de luxo foram emplacados, ficando com uma participação no mercado de 0,24%.
Por conta disso, os planos da construção de uma fábrica brasileira foram suspensos.


Obs: Bom trabalho, GUIDO MANTEGA!

2 comentários:

  1. Basta a BMW reduzir um pouco seu lucro que estaria tudo bem.. o problema é que a ganância é grande e a burrice também.. esta conversa de culpar os impostos não cola mais

    ResponderExcluir
  2. considero o comentario elogiando "guido mantega" muito equivocado, os carros importados são infinitamente melhores que os nacionais, na verdade a venda deles aqui deveria ser incentivada. ao invés disso tentam tira-los do mercado. carros importados com preços competitivos obrigariam as montadoras nacionais a melhorar seus produtos e os preços, mas devido ao coorporativisto preferem prejudicar a boa concorrencia e favor de particulares.

    ResponderExcluir